A dúvida sobre o visual é uma questão muito comum entre lojistas que desejam iniciar suas vendas na internet, ainda mais para aqueles que não possuem uma loja física por não terem uma identidade visual formada. Então vem a pergunta, como criar um visual atraente para uma loja virtual?

 

Em uma loja física, geralmente se contrata um arquiteto e uma empresa especializada em decoração, sabemos que a tarefa de decorar e estilizar ambientes é bastante complexo, por isso procura-se profissionais de qualidade.

 

Para o ambiente virtual deve-se pensar parecido, esqueça amadores, contrate um profissional de webdesign experiente ou uma empresa capacitada para realizar a criação do seu visual na internet.

É bastante comum o erro de gastar o quanto for necessário para se ter uma loja física apresentável mas economizar em demasia quando se desenvolve algo na internet.

Como o título deste nosso artigo já diz, o visual é muito importante na construção de uma loja virtual. Lembre-se que consumidores compram mais em lojas elegantes e funcionais.

 

Agora vamos pensar em exemplos para ficar mais fácil o entendimento.

Considere uma loja de shopping, o visual e estrutura organizacional são um ponto forte, os ítens comuns nelas são:

 

  • Elegantes, geralmente com decoração exclusiva
  • Boa iluminação
  • Vitrine chamativa
  • Produtos organizados em categorias/modelos
  • Facil atendimento, sempre alguém pronto para ajudar

 

Trazendo a realidade das lojas físicas para as lojas virtuais, separamos 5 tópicos a serem considerados.

Cause uma boa primeira impressão

Cause impacto. O layout, visual da loja virtual, deve ser agradável e exclusivo. Mostrando ao seu cliente sobre o que seu site se refere.

Se pergunte:

 

  • Para quem eu vendo?
  • O que eu vendo?
  • Qual região pretendo atender?
  • Quais meus diferenciais?

 

A partir de suas respostas, coloque-se no lugar do cliente e imagine um lugar ele se identifique.

 

Se ficar difícil entender isso, pense em propagandas convencionais, Outdoor por exemplo, imagine como uma empresa de uma famosa marca de cosmético divulgaria um produto revolucionário para tratamento de pele para mulheres acima de 40 anos.

 

Nesta sua imaginação a peça publicitária com certeza possui a imagem de uma mulher de meia idade com uma pele linda, macia e com um sorriso estampado no rosto.

 

 

Mulher Pele

 

 

Esta é a imagem que a empresa quer que o consumidor se identifique, as mulheres devem olhar para a peça publicitária e se identificar com a imagem, querendo o produto, querendo aquela situação criada.

 

Já se o seu produto é para adolecentes, jamais uma imagem de uma mulher na faixa de 40 anos seria utilizada, e assim por diante.

 

Outro ponto importante é que este visual está sendo criado para o comprador, para seu público alvo. Por isso deixe um pouco o seu gosto pessoal de lado.

 

Muitas vezes vemos o erro de lojistas criando um visual que tenha apenas seu gosto pessoal, sem considerar que as cores e design escolhido não atendem o público consumidor.

 

Vamos exemplificar uma loja virtual que oferece produtos para AirSoft. Os principais produtos são armas e acessórios.

 

O público deste tipo de negócio gosta de equipamentos perfeitos, o mais próximo do real. Por isso o visual da loja virtual é todo temático, o consumidor se sente dentro de uma loja militar.

 

 

Visual loja virtual Bulldog airsoft

 

 

Uma dica para saber se o seu visual está adequado: Acesse sua loja virtual e tampe a logomarca com a mão, esqueça a listagem de produtos e veja se consegue perceber ao que esse site se trata, que mensagem ele está passando e qual tipo de público se identificaria.

 

Mas atenção, se a sua ideia é vender uma variedade enorme de produtos diferentes como a loja Submarino, neste caso o visual não poderia ser temático, deve-se pensar em um layout atrativo, de fácil navegação e com cores não muito carregadas. Novamente imagine como seria uma peça publicitária tradicional, outdoor, jornal, tv, etc.

 

Não esqueça da usabilidade, sua loja deve ter uma organização estrutural que facilite a navegação.

Faça um teste como cliente, tente encontrar seus produtos, procure por variações, pesquise por termos genéricos na ferramenta de busca da loja. Navegue muito em sua loja virtual para criar uma experiência fluída ao comprador, não esconda seus produtos e promoções.

 

Facilite o contato

Mostre que por trás da loja virtual possuem pessoas prontas para dar um bom atendimento.

Sempre que possível adicione seu telefone, endereço e email em local de fácil visualização, evitando que o comprador tenha que clicar em várias páginas para achar tais informações.

O telefone deve ser colocado em evidência na parte superior da loja, mas se não for possível devido a arte do layout, adicione no rodapé.

 

 

Topo Layout Delicia de Pijamas

 

 

Procure facilitar o acesso da página Contato, adicione um mapa do Google Maps com sua localização.

A facilitar o contato agiliza o processo de compra e passa uma maior segurança ao comprador.

Se você quiser facilitar ainda mais o atendimento, utilize uma ferramenta de Atendimento Online via Chat.

Lojas que utilizam chat possuem uma conversão de venda melhor, uma vez que o cliente pode tirar a dúvida rapidamente sem precisar usar o telefone ou email.

 

Ofereça vantagens

A concorrência em lojas virtuais é muito grande, mostre a seu cliente o que ele tem a ganhar comprando na sua loja.

Destaque esta informação na parte superior preferencialmente, ou no rodapé.

 

 

Ofereça vantagens

 

 

Ofereça vantagens como:

 

  • Frete grátis
  • Condições de pagamento flexível
  • Desconto a partir de determinado método de compra

 

Atualmente várias lojas oferecem um programa de pontos, similar a milhas do cartão de crédito.

Se a sua loja virtual possuir um programa de pontos de fidelidade, use o recurso e mostre a seu cliente esta vantagem.

É mais fácil fidelizar um cliente de loja virtual do que em loja física, mas você deve mostrar a ele seus diferenciais, dê um bom motivo para ele voltar e compartilhar seus produtos.

Você é o especialista no que vende?

Até aqui explicamos como atrair a atenção do consumidor e mantê-lo mais tempo dentro da loja virtual.

Mas e a decisão de compra? Como fazer meu cliente comprar mais em minha loja virtual?

Vamos voltar novamente o pensamento em uma loja física, os pontos de decisão de compra geralmente são:

 

  • Visualizo o produto e analiso cada detalhe
  • Sou atendido por um vendedor que realmente entende do produto
  • A loja que estou visitando é especializada neste item que desejo comprar
  • Posso comparar entre vários produtos na loja para minha decisão não ser apenas no preço
  • Em pouco tempo o vendedor me passa o prazo de entrega e frete
  • Consigo negociar: Saber o preço final, o valor de parcelamento e desconto se pagar à vista

 

Agora traga esta realidade para a loja virtual, formatando seu produto para o consumidor ter o máximo de informações possíveis.

 

 

 

 

A primeira coisa que o cliente visualiza na loja é o nome do produto e imagem.

A tarefa de cadastrar um produto o mais completo possível é um diferencial e tanto em uma loja virtual, pois não é comum as pequenas lojas se dedicarem a isso.

Entre no site dos seus concorrentes, infelizmente a triste verdade é que a maioria dos produtos são cadastrados de qualquer jeito, sem nenhum cuidado especial, geralmente se faz o cadastro rapidamente e sem se preocupar com detalhes.

A forma como o produto estiver cadastrado em sua loja virtual vai mostrar se sua empresa é organizada e especialista no que vende.

Adicione o nome mais completo possível. Imagine este produto acima somente com o nome “mesa de jantar”. Ficaria muito ruim, então esqueça nomes muito genéricos.

 

Nos quadros vermelhos destacamos os itens importantes:

 

  • Nome do produto completo
  • Informações sobre o Fabricante, disponibilidade e modelo
  • Valor à vista e valor de parcelas
  • Botão de comprar evidente de fácil acesso
  • Imagem de qualidade com imagens extras e vídeo
  • Simulação de frete a 1 clique
  • Botão de comparar produtos
  • Simulação das parcelas deste produto, o brasileiro compra muito vendo apenas o valor da parcela e não o preço final

 

Se o seu cliente gostou da parte inicial do produto, imagem, preço, pagamentos, etc, ele vai querer ler a descrição para ver se é o produto certo para ele.

É com a descrição que o lojista mostra que entende do assunto. Lamentamos ao ver produtos cadastrados com uma descrição simples e óbvia de apenas 1 ou 2 linhas.

 

A descrição do produto faz o mesmo papel que um bom vendedor em lojas físicas, por isso use o espaço de descrição com inteligência e criatividade, venda para seu cliente através do texto, convença, encante, mostre que este é o produto e loja certa.

 

 

Descrição do Produto

 

 

Se a sua loja possuir as abas DESCRIÇÃO e ESPECIFICAÇÃO, use as duas com sabedoria.

 

Deixe o texto mais explicativo para a parte de descrição, e na especificação coloque informações físicas e técnicas como tipo de material, metragem, etc.

Em nosso exemplo acima, logo no início decidimos colocar um texto de impacto que mostre ao cliente o que ele tem a ganhar ao adquirir este produto. Imagine um vendedor falando este texto, ficaria bacana.

Depois explicamos um pouco sobre detalhes de como foi produzido o produto, e ao final resolvemos tirar dúvidas já na descrição, afinal sou uma loja especialista que sabe do assunto e já estou antecipando as peguntas dos meus clientes.

 

Atenção: Jamais copie e cole um texto de outro site/loja, mesmo que o produto seja exatamente igual ao seu.

 

Textos copiados são mal vistos pelos compradores e também pelo Google.

Se baseie no texto de outros sites e formule sua própria descrição.

 

Pesquise seus concorrentes

Não é necessário “reinventar o ovo”, pesquise o site dos seus concorrentes e veja o que já está dando resultado.

Na internet tudo tem um motivo para estar lá, é sempre bom pegar o que cada um tem de melhor e criar uma loja virtual com conteúdo exclusivo, superando sua concorrência.

Caso sua àrea de atuação e produto não tenha grandes concorrentes no mercado, procure em Mega Stores famosas para se basear nas estratégias de venda e deixe com um profissional de sua confiança a tarefa de elaborar um plano visual atrativo.

Em nossa experiência de mais de 10 anos em e-commerce, sabemos que na maioria das vezes a culpa pela baixa nas vendas está nas mãos do lojista, mas ele mal sabe disso.